Resort 2013 – Não provoque, é rosa choque!

Estilo
2 de agosto de 2012 1:10

“O rosa é o vermelho despido de sua raiva e erotismo, mas não de uma sensualidade. É uma cor aconchegante, romântica e feminina; é a cor das línguas, da carne…” (Toby Fischer-Mirkin, em O Código do vestir)

Os designers internacionais trouxeram uma vasta gama de tons de rosa nas passarelas da Resort Collection 2013, dando destaque ao rosa-choque ou fuscia, que deverá pontuar as próximas coleções de verão no Hemisfério Norte. Grifes como Valentino, Donna Karan, Marchesa, Ports 1961 e Juicy Couture exploraram a cor. Além disso, dando seqüência ao color blocking, o duo pink e laranja foi apresentado por marcas como Stella McCartney, Chris Benz, Erin Fetherston entre outras.

 O rosa shocking foi introdido no mundo da moda pela estilista italiana  Elsa Schiaparelli.  Na época a doçura do cor-de-rosa já era associada às meninas mais jovens. No entanto a mestra da moda surrealista, que também era uma exímia colorista deu outra conotação ao rosa inocente.

Inicialmente a cor foi usada na embalagem de seu perfume Shocking, lançado em 1937 e inspirado na silhueta da atriz norte-americana Mae West.  Mais tarde o rosa-choque passou a fazer parte de várias criações da estilista.  Assim como em todas as suas criações ficou evidente de que a intenção de Schiaparelli ao criar o novo tom de rosa foi mesmo de chocar as pessoas, daí o nome  shocking Pink  que agrada muitas mulheres até hoje.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This article was written by on quinta-feira, agosto 2, 2012 at 1:10 am. You can follow any responses to this entry through the RSS feed. You can leave a response, or trackback from your own site. Tags:

1 Comment

Leave a Reply